O que é um voo fretado?

Fretamentos / O que é um voo fretado?

Mudar idioma: enEN (Inglês) pt-brPortuguês esEspañol (Espanhol)

Dentro do contexto da aviação, os voos fretados são aqueles que não seguem uma programação fixa, diferente da previsibilidade dos voos comerciais convencionais. Esse tipo de serviço é cuidadosamente planejado para suprir as necessidades de cada passageiro ou grupo, com maior flexibilidade em relação à escolha do tipo de aeronave, data e horário de voo, assim como, os locais de decolagem e pouso.

Diferença entre voos privados individuais e voos privados compartilhados

O conceito de voo fretado engloba duas modalidades distintas: o voo privado individual e o voo privado compartilhado. A primeira concede ao cliente ou grupo a possibilidade de uma experiência sob demanda, em que cada detalhe é personalizado de acordo com as preferências dos passageiros, isto é, cabe a eles tanto a escolha da aeronave para realizar o voo, a data, horário de partida e aeroportos ou helipontos em que o decolagem e pouso vão acontecer. O serviço Premium também inclui embarque em terminal VIP, com diversos serviços à disposição, como snacks, sofá espaçosos, despacho de bagagem sem filas, tomadas, salas para reuniões, entre outros.

Por outro lado, o voo privado compartilhado, na Flapper, chamado de Pool, possibilita que diversos indivíduos compartilhem a mesma aeronave executiva e seus custos associados. Essa opção traz benefícios para aqueles que valorizam a conveniência do fretamento, sem necessariamente demandar do aluguel integral da aeronave. O Pool se revela como uma solução eficaz para otimização de recursos e contenção de despesas coletivas.

Quantidade de passageiros de um voo fretado

A capacidade de passageiros de um voo fretado varia de acordo com o tipo de aeronave selecionada.  No caso de aviões comerciais varia de 120-230 passageiros para aviões de fuselagem estreita até 264-291 passageiros em aviões de fuselagem larga com configuração comum, como Boeing 767 ou Airbus A350.

Aeronaves executivas

Aviões a pistão

Aviões a pistão, tal como o Seneca V, ideais para viagens curtas e regionais, possuem espaço para acomodar de 2 a 6 passageiros. Tais voos oferecem uma experiência mais intimista e são capazes de operar em aeroportos menores, que ampliam a gama de destinos.

Pilatus PC-12 side view
Monomotor turbo-hélice

Os monomotores turbo-hélice, como o Pilatus PC-12, combinam eficiência e desempenho aprimorado para seus 6 a 9 passageiros. Os modelos fornecem velocidade e alcance superiores aos aviões a pistão e são boas escolhas para viagens regionais e de curta distância.

Bimotor turbo-hélice

Por sua vez, as aeronaves bimotores turbo-hélice, como o King Air B250, ampliam tanto a potência quanto a capacidade em relação aos monomotores. Com espaço para até 9 passageiros, essas aeronaves são indicadas para voos executivos regionais com a vantagem de acessar pistas menores sem comprometer o alcance.

Jatos leves

Já os jatos leves, representados pelo Cessna Citation CJ3, primam pela eficácia e agilidade. Acomodando entre 4 e 8 passageiros, essas aeronaves são apropriadas para viagens executivas de médio alcance, oferecendo velocidade e conforto para trajetos intermunicipais e interestaduais.

Jatos médios

Em contraste, os jatos médios, a exemplo do Hawker 850XP, são projetados para voos de médio alcance. Essas aeronaves, com capacidade para transportar de 6 a 10 passageiros, se destacam tanto para viagens regionais quanto intercontinentais, pois combinam alcance estendido com eficiência.

Jatos pesados

No segmento dos jatos pesados, como o Gulfstream G650ER, a ênfase recai sobre prestígio e capacidade. Os exemplares desta categoria, são aeronaves apropriadas para voos intercontinentais de longa duração ao mesmo tempo em que proporcionam luxo e comodidade para seus de 12 a 20 passageiros em voos de grandes distâncias.

Aeronaves comerciais

Jatos Widebodies

Os jatos widebodies, como o Boeing 787 Dreamliner, têm a capacidade de atravessar continentes e oceanos sem escalas. Projetados para acomodar 300 passageiros, em cabines luxuosas e de tecnologia avançada, são ideais para viagens intercontinentais de longo alcance.

VIP airliners

Os VIP airliners, como o Airbus ACJ319, apresentam interiores luxuosos e exclusividade a um número limitado de passageiros. Com configurações personalizadas, são capazes de acomodar até 50 passageiros e são escolhas frequentes para empresas e indivíduos de alta relevância.

Regional Airliners

Por fim, os Airliners e Regional Airliners, como o Boeing 737 , são fundamentais para o transporte aéreo comercial. Com a capacidade de acomodar até 180 passageiros, essas aeronaves ligam cidades, respondendo à demanda global por viagens em larga escala.

Our Services: Fretamentos

See also

  • Quanto Custa Alugar um jato privado na Bolívia

    See post
  • Quanto custa alugar um jato privado na Espanha

    See post
  • Relato do voo: Toluca – Cidade do México

    See post