O Que Evita Colisões Entre Os Voos?

Fretamentos / O Que Evita Colisões Entre Os Voos?

Mudar idioma: enEN (Inglês) pt-brPortuguês esEspañol (Espanhol)

As chamadas Colisões no Ar ou Mid-air Collisions, em inglês, são raras, mas extremamente perigosas. Pois, geralmente resultam na queda de um dos aviões envolvidos.

Sistema de Anticolisão de Tráfego: Vantagens e Riscos

Nos anos 1950, com aumento da incidência desse tipo de acidente – impulsionado pelo boom da aviação comercial no pós-guerra – houve a necessidade de criar sistemas mais eficientes para controlar o tráfego aéreo e evitar as colisões em pleno ar. Dessa forma foi criado o TCAS, o Sistema Anticolisão de Tráfego (Traffic Collision Avoidance System). Uma das principais vantagens desse sistema é funcionar como um “braço direito” dos  controladores de tráfego aéreo.

O TCAS funciona de maneira simple: o transponder – conjunto de equipamentos eletrônicos – capta através de ondas de rádio, informações de aeronaves que estejam em um raio de cerca de 65 km, interpretando sua posição, altitude, velocidade, direção e calcula a rota programada, emitindo avisos aos pilotos, caso uma possível colisão seja detectada.

Primeiro são enviados avisos sonoros alertando para o perigo. Caso o risco permaneça, o o sistema alerta as tripulações de ambas aeronaves, emitindo sinal com as instruções para eles modificarem suas rotas da melhor maneira. É importante notar que o sistema atua orientando que uma das aeronaves em rota de colisão ascenda e a outra descenda, mudando de altitude, não de direção.

Para que o TCAS de um avião funcione plenamente, é necessário que a outra aeronave esteja equipada com um transponder em operação. O famoso acidente envolvendo um avião comercial e uma aeronave executiva na região do Mato Grosso, em 2006, foi causado justamente porque o transponder de uma delas estava desligado.

Tecnologia e Atuação Humana

Podemos concluir que, é a tecnologia – através do TCAS – que impede os aviões de manterem rotas de risco. Como o espaço aéreo é muito vasto, essas ocorrências são raras, mas perigosas.

Já em raios próximos ao de aeroportos, quem garante a segurança de passageiros e tripulantes, é o controle de tráfego. Por meio deles, é realizado um minucioso trabalho para identificar possíveis problemas e comunicá-los com precisão, para que as correções de rota sejam feitas.

Our Services: Fretamentos

See also

  • Flapper na LABACE 22: Confira as novidades apresentadas

    See post
  • Fretamento de Jatos Particulares e Helicópteros em Belo Horizonte

    See post
  • Frota de jatos executivos aumenta quase 10% entre 2021 e 2022

    See post