Voos compartilhados na Aviação Executiva: Entenda como funcionam

Notícias / Voos compartilhados na Aviação Executiva: Entenda como funcionam

Mudar idioma: enEN (Inglês) pt-brPortuguês esEspañol (Espanhol)

A aviação está em constante mudança. A todo tempo o setor oferece novas opções a seus usuários. Um bom exemplo são os voos compartilhados. Atualmente a opção se tornou uma escolha interessante para aqueles que buscam viagens rápidas e exclusivas.

A Flapper é uma das empresas que está transformando a aviação privada no mundo. Nascida no Brasil, o aplicativo atende aos mais altos padrões internacionais de segurança e conta com mais de mil aeronaves em seu inventário. Dessa forma, permite que os usuários através de um fretamento ou de reserva de assentos em voos compartilhados, tenham acesso a inúmeras ofertas em rotas exclusivas. Isso em poucos minutos de seu próprio celular, tão simples quanto pedir um Uber.

Se entende por voos compartilhados, aqueles em que os passageiros efetuam a compra de um assento em uma aeronave executiva, em rotas que inicialmente a aeronave voaria vazia depois de cumprir um serviço. Os voos podem ser nacionais ou internacionais. Os voos podem ser nacionais ou internacionais.

A principal vantagem deste novo meio de viajar é a comodidade e economia, em relação ao alto nível de serviço prestado. Ao compartilhar um voo, a experiência de usar uma aeronave executiva com todos os benefícios da aviação privada, se torna mais vantajosa. Sem dúvidas é uma excelente oportunidade para realizar o voo dos sonhos.

Diferente das linhas aéreas da aviação comercial, os valores são fixos e não sofrem alteração com a compra antecipada e não exclui o passageiro de certos serviços. Basta fazer uma reserva para ter acesso a um serviço diferenciado com embarque imediato (em menos de 15 minutos), máximo de conforto, entre outros.

Portanto, o valor não tem muita diferença de uma passagem em Business Class ou Premium Economy, dependendo da rota. Um bom exemplo é encontrado na rota Buenos Aires – Porto Alegre. Um voo por assento em um Citation Cj1 exclusivo custa R$ 1.500, bem abaixo dos R$ 3.717 cobrados por uma companhia aérea comercial em voo com conexão, o que implica em mais tempo de viagem e traslados entre os aeroportos. A rota Santiago – Lima é outro exemplo Um voo com assento compartilhado na aeronave Citation Excel para sete passageiros com partida no dia 17 de Julho às 10h custa R$ 6.465.

Outra vantagem dos voos compartilhados é a possibilidade de chegar a destinos exclusivos onde as companhias aéreas não voam, por exemplo, no sul do Chile ou Mediterrâneo. Com esta modalidade, lugares que antes pareciam inacessíveis, agora estão mais próximos de serem alcançados com serviços aéreos mais rápidos e seguros. As ofertas por assento são uma excelente oportunidade para chegar a lugares distantes e inexplorados.

Alguns exemplos de rotas onde você pode realizar um voo compartilhado são: São Paulo – Angra do Reis (US$ 159), Ribeirão Preto – São Paulo (US$ 225), São Paulo – Rio de Janeiro (US$ 281), Rio de Janeiro – São Paulo (US$ 4.900), Salvador – São Paulo (US$ 698), Santiago do Chile – Lima (US$ 2.962) ou Buenos Aires – Montevidéu (US$ 3.420). Há também ofertas interessantes na América do Norte e na Europa em rotas diferentes e populares como Miami – Nova Iorque ou Maiorca – Algarve, entre muitas outras.

Os voos compartilhados não beneficiam apenas os passageiros que estão nas cidades do ponto de partida. Como a aeronave precisa retornar à sua base, é uma boa opção de viagem para as pessoas que estão no destino. Em casos de emergência, o voo pode representar uma rápida e efetiva solução

Para os operadores privados, os voos compartilhados são uma boa alternativa para ganhar dinheiro adicional com este tipo de serviço Além disso, eles podem aumentar a oportunidade de mostrar seu produto em diferentes mercados para aumentar o potencial do negócio. Em termos simples, cria uma cadeia de valor virtuosa.

Eles estão contribuindo para uma rápida recuperação da aviação e do turismo. Hoje, com restrições de capacidade e atrasos nos aeroportos, são uma excelente opção para descobrir novas formas de viajar e provar que a aviação executiva não é tão inatingível quanto você pensa.

Our Services: Notícias

See also

  • Relato de voo – Santiago – Córdoba

    See post
  • Quanto custa fretar um avião de linha aérea?

    See post
  • Quanto custa fretar um jato privado para a Agrishow?

    See post