Conheça Alguns dos Termos Mais Comuns da Aviação Executiva

Fretamentos / Conheça Alguns dos Termos Mais Comuns da Aviação Executiva

Mudar idioma: enEN (Inglês) pt-brPortuguês esEspañol (Espanhol)

Já abordamos por aqui um pouco sobre a comunicação entre pilotos, tripulantes e torres de voo quando explicamos o funcionamento e as origens do International Radiotelephony Spelling Alphabet, também conhecido como alfabeto fonético da aviação ou de, sobretudo no Brasil, alfabeto “zulu”.

Agora, para expandir o seu conhecimento acerca do glossário da aeronáutica, separamos alguns dos termos mais comuns da aviação executiva. Dessa maneira, você ficará por dentro de todas as conversas na hora de voar, além de diminuir as suas dúvidas na hora de escolher qual aeronave você pretende fretar.

Confira os Termos Mais Comuns da Aviação Executiva

Aeródromos:

É o termo mais utilizado no meio da aviação. Define basicamente qualquer espaço ou área de pouso, decolagem e movimentação de aviões e helicópteros. Abrange, portanto, os aeroportos convencionais, públicos e privados, mas também helipontos, heliportos, pistas e espaços destinados ao pouso de aviões anfíbios, por exemplo.

Aviônicos:

Conjunto de equipamentos eletrônicos a bordo das aeronaves. Incluem-se aí: sistemas de comunicação, navegação e controle de voo, além do piloto automático.

Catering:

Serviço de fornecimento de refeições nos voos. Na aviação executiva, o oferecido varia de acordo com o tempo de viagem e das necessidades dos passageiros. Normalmente, as cotações levam em conta ao menos o preço do catering básico.

City manager:

Profissional que acompanha as demandas da empresa em cada cidade, garantindo que todos os pedidos dos clientes sejam atendidos com agilidade e assertividade.

Club seating:

Também chamada de configuração de assentos em clube. O layout é assim definido quando há quatro poltronas viradas umas às outras, permitindo a interação entre os passageiros durante o voo.

Empty Legs:

Termo conhecido também pela expressão pernas vazias. São oportunidades de voo em aviões que decolam sem passageiros a bordo rumo a suas bases ou a uma nova missão, sem passageiros a bordo. Para não viajarem vazios, os voos são comercializados de forma individual a preços especiais.

FBO:

Sigla em inglês para operador de base fixa. Trata-se de uma instituição ou companhia que presta serviços em aeroportos. Comumente, fornecem combustível e podem limpar ou mover as aeronaves a um hangar, entre outras atividades.

Filtro HEPA:

Tecnologia empregada em filtros de ar com alta eficiência na separação de partículas – a sigla vem de High Efficiency Particulate Arrestance. São utilizados na aviação para reduzir a propagação de agentes patógenos através do ar recirculado.

Fretamento aéreo:

Nada mais é do que o aluguel de aviões e helicópteros, serviço que é prestado pela Flapper. Além das viagens de negócios e lazer, é possível fretar aeronaves para casamentos, transfers, serviços aeromédicos, transporte de carga e valores etc.

Hangar:

Galpão, comumente situado em aeroportos e heliportos, onde ficam estacionadas as aeronaves entre voos.

Hidroplanagem:

É conhecido também por aquaplanagem. Ocorre quando a pista está molhada e forma uma lâmina de água, responsável por interromper o contato entre pneu e solo. Dessa forma, o motorista perde o controle da direção.

Leasing:

Modalidade de arrendamento em que é possível alugar uma aeronave por um determinado período. A depender do acordo realizado, ao fim do contrato, o usuário pode adquirir o avião em definitivo.

Marketplace:

Ambiente de encontro entre prestadores e consumidores. A Flapper, por exemplo, é o primeiro marketplace on-demand do Brasil para aluguel de jatos e helicópteros de táxi aéreo.

Pax:

É o mesmo que passageiro. Ou seja, alguém a bordo que não faz parte da tripulação.

Reposicionamento:

Quando a aeronave, após um itinerário, tem de voar novamente para sua base ou ir a uma nova cidade, onde foi demandada por outro consumidor. É assim que surgem as oportunidades de voos de empty leg.

Squawk:

Código transponder que transmite a identificação da aeronave via radiofrequência. Importante para manter o controle de tráfego aéreo informado.

Taca:

Assim são chamados os táxis aéreos clandestinos, aeronaves que são utilizadas comercialmente apesar de operarem sob licença civil. Serviços clandestinos de manutenção aérea são conhecidos por “Maca”.

Siglas Mais Utilizadas

Além dos termos acima serem sempre utilizados pelos profissionais da aviação executiva, ou ainda nos nossos textos, é comum nos depararmos com algumas siglas frequentemente.

Confira a Seguir, o que significam as abreviações:

AAM: Mobilidade aérea avançada, termo para o transporte aéreo usando veículos elétricos e movidos a hidrogênio;

ANAC: Agência Nacional de Aviação Civil;

ATIS: Serviço Automático de Informação Terminal;

CA: Certificado de aeronavegabilidade;

CM: Certificado de matrícula;

COA: Certificado de operador aéreo;

EBTA: Enhanced Business Travel Account, meio de pagamento virtual que centraliza gastos com viagens;

EO: Especificação operacional da empresa;

eSTOL: Veículo elétrico de decolagem e aterrissagem curta;

eVTOL: Veículo elétrico de decolagem e aterrissagem vertical;

GIAS: Global Investment in Aviation Summit, evento global dedicado a investimentos no setor;

IATA: Associação Internacional de Transportes Aéreos;

ICAO: Organização Internacional da Aviação Civil;

RAB: Registro Aeronáutico Brasileiro, em que consta o histórico da aeronave.

Flapper

Agora que você já está habituado à terminologia da aviação executiva, experimente seus conhecimentos fretando o seu próximo voo com a Flapper, que está pronta para atender às suas necessidades, oferecendo um serviço eficaz e ágil.

Em nosso aplicativo ou site, você poderá realizar cotações instantâneas do itinerário que deseja percorrer. Os preços variam de acordo com os locais de embarque e desembarque, os horários, os modelos de helicópteros ou aviões escolhidos, entre outros fatores.

O que não se altera, porém, é a qualidade da experiência obtida ao optar pela Flapper para realizar a sua viagem. Converse com um de nossos especialistas e realize o seu agendamento. Para mais informações, entre em contato por:

whatsapp

Our Services: Fretamentos

See also

  • Aluguel de helicóptero em Cuiabá e Mato Grosso

    See post
  • Quanto custa voar para o Formula 1 Miami Grand Prix 2024 de helicóptero?

    See post
  • Flapper e Itaú estabelecem parceria para oferecer descontos exclusivos para o show da Madonna no Rio de Janeiro

    See post